Labtrans

PUBLICAÇÕES POR TIPO

Transporte Ferroviário

  1. Apoio à ANTT em estudos de reversibilidade de bens e de definição de valores de direito de passagem nas atuais concessões ferroviárias de cargas, bem como, na revisão metodológica das estimativas de demanda e das simulações operacionais dos trechos ferroviários. Relatório Final – Sumário Executivo. ANTT, 2015
  2. Apoio à ANTT no desenvolvimento de metodologia e instrumento para análise de custos ferroviários. Relatório Final – Objeto 3: Capacitação Técnica. ANTT, sem data.
  3. Apoio à ANTT no desenvolvimento de metodologia e instrumento para análises de custos ferroviários Objeto 1: Desenvolvimento de metodologia para análises de custos ferroviários , ANTT, sem data.
  4. Apoio à ANTT na Implementação de Funções, Atualizações e Aprimoramentos no Sistema de Acompanhamento e Fiscalização do Transporte Ferroviário (SAFF). Relatório Final. ANTT, 2013.
  5. Apoio à ANTT na Implementação de Funções, Atualizações e Aprimoramentos no Sistema de Acompanhamento e Fiscalização do Transporte Ferroviário (SAFF) – Manual do Usuário. ANTT, sem data.
  6. Apoio à ANTT no desenvolvimento de metodologia e instrumento para análises de custos ferroviários – Relatório Final – Objeto 1. ANTT, sem data.
  7. Apoio à Fiscalização da Infraestrutura Ferroviária – Inspeção em Campo e Análise de Riscos. Produto 6: Relatório Final. ANTT, 2010.
  8. Apoio à fiscalização da infraestrutura ferroviária e à apuração de acidentes graves no transporte ferroviário. Relatório de Inspeção Expedita Ponte sobre Rio Araguari Araxá (MG). ANTT, 2010.
  9. Apoio à fiscalização da infraestrutura ferroviária e à apuração de acidentes graves no transporte ferroviário, Trecho: São Francisco do Sul/Mafra – (Avaliação das Inspeções de Campo Pontes e Viadutos Críticos) – ANTT, 2008.
  10. Apoio à fiscalização da infraestrutura ferroviária e à apuração de acidentes graves no transporte ferroviário. Trecho: Bauru (SP) – Mirandópolis (SP) – (Avaliação das Inspeções de Campo Pontes e Viadutos Críticos). ANTT, 2008.
  11. Apoio à fiscalização da infraestrutura ferroviária e à apuração de acidentes graves no transporte ferroviário. Trecho: Bauru (SP) – Iperó (SP) – (Avaliação das Inspeções de Campo Pontes e Viadutos Críticos). ANTT, 2008.
  12. Apoio à fiscalização da infraestrutura ferroviária e à apuração de acidentes graves no transporte ferroviário. Trecho: Bauru (SP) – Iperó (SP) – (Avaliação das Inspeções de Campo Pontes e Viadutos Críticos). ANTT, 2008.
  13. Apoio à fiscalização da infraestrutura ferroviária e à apuração de acidentes graves no transporte ferroviário. Trecho: Mairinque (SP) – Bauru (SP) – (Avaliação das Inspeções de Campo Pontes e Viadutos Críticos). ANTT, 2008.
  14. Apoio à fiscalização da infraestrutura ferroviária e à apuração de acidentes graves no transporte ferroviário. Trecho: Três Lagoas (MS) – Ribas do Rio Pardo (MS) – (Avaliação das Inspeções de Campo Pontes e Viadutos Críticos). ANTT, 2008.
  15. Apoio à fiscalização da infraestrutura ferroviária e à apuração de acidentes graves no transporte ferroviário. Trecho : Ribas do Rio Pardo (MS) – Aquidauana (MS) – (Avaliação das Inspeções de Campo Pontes e Viadutos Críticos). ANTT, 2008.
  16. Apoio à fiscalização da infraestrutura ferroviária e à apuração de acidentes graves no transporte ferroviário. Trecho: Bauru (SP) – Itirapina (SP) – Aquidauana (MS) – (Avaliação das Inspeções de Campo Pontes e Viadutos Críticos). ANTT, 2008.
  17. Apoio à fiscalização da infraestrutura ferroviária e à apuração de acidentes graves no transporte ferroviário. Trecho: Santa Fé do Sul (SP) – Taquaritinga (SP) – Aquidauana (MS) – (Avaliação das Inspeções de Campo Pontes e Viadutos Críticos). ANTT, 2009.
  18. Apoio à fiscalização da infraestrutura ferroviária e à apuração de acidentes graves no transporte ferroviário. Trecho: Taquaritinga (SP) – Rio Claro (SP) – Aquidauana (MS) – (Avaliação das Inspeções de Campo Pontes e Viadutos Críticos). ANTT, 2009.
  19. Apoio à fiscalização da infraestrutura ferroviária e à apuração de acidentes graves no transporte ferroviário. Trecho: Rio Claro (SP) – Hortolândia (SP) – Aquidauana (MS) – (Avaliação das Inspeções de Campo Pontes e Viadutos Críticos). ANTT, 2009
  20. Apoio à fiscalização da infraestrutura ferroviária e à apuração de acidentes graves no transporte ferroviário. Trecho: Miranda (MS) – Corumbá (MS) – Aquidauana (MS) – (Avaliação das Inspeções de Campo Pontes e Viadutos Críticos). ANTT, 2009.
  21. Apoio à fiscalização da infraestrutura ferroviária e à apuração de acidentes graves no transporte ferroviário. Trecho: Hortolândia (SP) – Itu (SP) – Aquidauana (MS) – (Avaliação das Inspeções de Campo Pontes e Viadutos Críticos). ANTT, 2010.
  22. Apoio à fiscalização da infraestrutura ferroviária e à apuração de acidentes graves no transporte ferroviário. Trecho: Araraquara (SP) – Barretos (SP) – Aquidauana (MS) – (Avaliação das Inspeções de Campo Pontes e Viadutos Críticos). ANTT, 2010.
  23. Apoio à fiscalização da infraestrutura ferroviária e à apuração de acidentes graves no transporte ferroviário. Trechos: Cacequi (RS) – Rio Grande (RS) e Araraquara (SP) – Barretos (SP) – Aquidauana (MS) – (Avaliação das Inspeções de Campo Pontes e Viadutos Críticos). ANTT, 2010. 
  24. Apoio Técnico à Secretaria Nacional de Transportes Terrestres – SNTT na Elaboração de Estudos Afetos ao Plano de Desenvolvimento do Transporte Ferroviário de Passageiros – PDTFP e ao Programa de Autorizações Ferroviárias – PAF. – Proposição de Diretrizes para a Formulação de Proposta de PDTFP e de Planejamento do Transporte Ferroviário de Passageiros – Produto 1.A.1. – SNTT, Fevereiro, 2022.
  25. Apoio técnico para definição de metodologia e implantação, com criação de novas funcionalidades, de um sistema informatizado de Autorização de Uso de Via – AUV para a Ferrovia Norte-Sul. Disponibilização da Solução Tecnológica Existente – Piloto. VALEC, 2016.
  26. Apoio técnico para definição de metodologia e implantação, com criação de novas funcionalidades, de um sistema informatizado de Autorização de Uso de Via – AUV para a Ferrovia Norte-Sul. Produto 2 – Plano de Treinamento. VALEC, 2017.
  27. Apoio técnico para definição de metodologia e implantação, com criação de novas funcionalidades, de um sistema informatizado de Autorização de Uso de Via – AUV para a Ferrovia Norte-Sul. Produto 5 – Sistema para Auxílio no Controle da Circulação de Trens na Ferrovia Norte-Sul – Manual do Usuário e Administrador. VALEC, 2018.
  28. Apoio técnico para definição de metodologia e implantação, com criação de novas funcionalidades, de um sistema informatizado de Autorização de Uso de Via – AUV para a Ferrovia Norte-Sul. Produto 6 – SCRIPTS. VALEC, 2018.
  29. Apoio técnico para definição de metodologia e implantação, com criação de novas funcionalidades, de um sistema informatizado de Autorização de Uso de Via – AUV para a Ferrovia Norte-Sul. Produto 7 – Documento de Arquitetura do Sistema – Sistema de Auxílio ao Controle de Trens (SACT). VALEC, 2018.
  30. Apoio técnico para definição de metodologia e implantação, com criação de novas funcionalidades, de um sistema informatizado de Autorização de Uso de Via – AUV para a Ferrovia Norte-Sul. Produto 7 – Dicionário de Dados do Sistema Sistema de Auxílio ao Controle de Trens (SACT). VALEC, 2018.
  31. Apoio técnico para definição de metodologia e implantação, com criação de novas funcionalidades, de um sistema informatizado de Autorização de Uso de Via – AUV para a Ferrovia Norte-Sul. Produto 7 – Documento de Requisitos do Software. VALEC, 2018.
  32. Apoio técnico para definição de metodologia e implantação, com criação de novas funcionalidades, de um sistema informatizado de Autorização de Uso de Via – AUV para a Ferrovia Norte-Sul. Produto 7 – SACT GATEWAY V1.0. VALEC, 2018.
  33. Apoio técnico para definição de metodologia e implantação, com criação de novas funcionalidades, de um sistema informatizado de Autorização de Uso de Via – AUV para a Ferrovia Norte-Sul. Produto 7 – Modelagem de Dados do Sistema Sistema de Auxílio ao Controle de Trens (SACT) . VALEC, 2018.
  34. Apoio técnico para definição de metodologia e implantação, com criação de novas funcionalidades, de um sistema informatizado de Autorização de Uso de Via – AUV para a Ferrovia Norte-Sul. Produto 7 – Guia da Manutenção do Sistema – Sistema de Auxílio ao Controle de Trens (SACT) . VALEC, 2018.
  35. Apoio técnico para definição de metodologia e implantação, com criação de novas funcionalidades, de um sistema informatizado de Autorização de Uso de Via – AUV para a Ferrovia Norte-Sul. Objeto 1 – Desenvolvimento do Sistema de AUV / Objeto 2 – Treinamento / Objeto 3 – Suporte – Relatório Final. VALEC, 2017.
  36. Desenvolvimento de Estudos de Viabilidade Técnica, Econômica, Social, Ambiental e Jurídico-Legal para implantação de um serviço regional de transporte ferroviário de passageiros, de caráter regular, doravante denominado Trem Regional. Relatório Ambiental Sintético Análise de Viabilidade Ambiental. SPNT/MT, 2013.
  37. Desenvolvimento de Metodologia para simulação de Custos Ferroviários e Estudo de Caso. SPNT/MT. 2013.
  38. Elaboração de Estudo para Implantação de Centros de Treinamentos para Trabalhadores do Transporte Ferroviário (CTF). Relatório do Produto 1: Cenário. SEST/SENAT, 2016.
  39. Elaboração de Estudo para Implantação de Centros de Treinamentos para Trabalhadores do Transporte Ferroviário (CTF). Relatório do Produto 2: Benchmarking. SEST/SENAT, 2016.
  40. Elaboração de Estudo para Implantação de Centros de Treinamentos para Trabalhadores do Transporte Ferroviário (CTF). Relatório do Produto 3: Negócio. SEST/SENAT, 2016.
  41. Elaboração de Estudo para Implantação de Centros de Treinamentos para Trabalhadores do Transporte Ferroviário (CTF). Relatório do Produto 4: Pesquisa de Demanda e Ofertas de Capacitação. SEST/SENAT, 2016.
  42. Elaboração de Estudo para Implantação de Centros de Treinamentos para Trabalhadores do Transporte Ferroviário (CTF). Relatório do Produto 5: Propostas Pedagógicas. SEST/SENAT, 2017.
  43. Elaboração de Estudo para Implantação de Centros de Treinamentos para Trabalhadores do Transporte Ferroviário (CTF). Relatório do Produto 6: Proposta de Capacitação de Instrutores. SEST/SENAT, 2017.
  44. Elaboração de Estudo para Implantação de Centros de Treinamentos para Trabalhadores do Transporte Ferroviário (CTF). Relatório do Produto 7: Relatório Executivo. . SEST/SENAT, 2017.
  45. Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica, Financeira, Social e Ambiental do Sistema de Transporte Ferroviário de Passageiros de Interesse Regional, no Trecho: Capão do Leão (RS) – Pelotas (RS) – Rio Grande (RS) Relatório Ambiental Sintético Análise de Viabilidade Ambiental. SPNT/MT, Agosto de 2013.
  46. Estudo de Viabilidade técnica, econômica, financeira, social e ambiental do Sistema de Transporte Ferroviário de Passageiros de Interesse Regional dos trechos Caxias do Sul (RS) – Bento Gonçalves (RS) e Londrina (PR) – Maringá (PR). Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica, Financeira, Social e Ambiental – Trecho: Caxias do Sul (RS) – Bento Gonçalves (RS). SPNT/MT, 2012.
  47. Estudo de Viabilidade técnica, econômica, financeira, social e ambiental do Sistema de Transporte Ferroviário de Passageiros de Interesse Regional dos trechos Caxias do Sul (RS) – Bento Gonçalves (RS) e Londrina (PR) – Maringá (PR). Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica, Financeira, Social e Ambiental – Trecho: Londrina (PR) – Maringá (PR). SPNT/MT, 2012.
  48. Estudos e Pesquisas para Subsidiar o Aprimoramento do Arcabouço Regulatório do Transporte Ferroviário de Passageiros. Produto 1: Análise da Legislação Aplicável aos Serviços de Transporte Ferroviário de Passageiros. ANTT, 2016.
  49. Estudos e Pesquisas para Subsidiar o Aprimoramento do Arcabouço Regulatório do Transporte Ferroviário de Passageiros Produto 2: Conceituação e Organização Sistêmica dos Serviços de Transporte Ferroviário de Passageiros no Brasil.  ANTT, 2016.
  50. Estudos e Pesquisas para Subsidiar o Aprimoramento do Arcabouço Regulatório do Transporte Ferroviário de Passageiros Produto 1: Análise da Legislação Aplicável aos Serviços de Transporte Ferroviário de Passageiros. RELATÓRIO 1B TOMO 2 Atividades: 1.3 Análise crítica da legislação União Europeia Alemanha e Região Metropolitana de Berlim Canadá e Região Metropolitana de Toronto. ANTT, 2016.
  51. Estudos e Pesquisas para Subsidiar o Aprimoramento do Arcabouço Regulatório do Transporte Ferroviário de Passageiros Produto 1: Análise da Legislação Aplicável aos Serviços de Transporte Ferroviário de Passageiros RELATÓRIO 1B TOMO 3 Atividades: 1.3 Análise crítica da legislação Estados Unidos da América e Região Metropolitana de Nova Iorque Índia e Região Metropolitana de Délhi Japão e Região Metropolitana de Tóquio Rússia e Região Metropolitana de Moscou. ANTT, 2016.
  52. Estudos e Pesquisas para Subsidiar o Aprimoramento do Arcabouço Regulatório do Transporte Ferroviário de Passageiros Produto 1: Análise da Legislação Aplicável aos Serviços de Transporte Ferroviário de Passageiros RELATÓRIO 1B TOMO 4 Atividade: 1.4 Comparação entre legislações. ANTT, 2016.
  53. Estudos e Pesquisas para Subsidiar o Aprimoramento do Arcabouço Regulatório do Transporte Ferroviário de Passageiros – Produto 1: Análise da Legislação Aplicável aos Serviços de Transporte Ferroviário de Passageiros- RELATÓRIO 1A-1. ANTT, 2015.
  54. Estudos e Pesquisas para Subsidiar o Aprimoramento do Arcabouço Regulatório do Transporte Ferroviário de Passageiros Produto 1: Análise da Legislação Aplicável aos Serviços de Transporte Ferroviário de Passageiros . Relatório 1A-2. ANTT, 2015.
  55. Estudos e Pesquisas para Subsidiar o Aprimoramento do Arcabouço Regulatório do Transporte Ferroviário de Passageiros RELATÓRIO 2A Produto 2: Conceituação e organização sistêmica dos serviços de transporte ferroviário de passageiros no Brasil Atividade 2.1: Levantamento de situações existentes. ANTT, 2015.
  56. Estudos e Pesquisas para Subsidiar o Aprimoramento do Arcabouço Regulatório do Transporte Ferroviário de Passageiros Produto 2: Conceituação e Organização Sistêmica dos Serviços de Transporte Ferroviário de Passageiros no Brasil RELATÓRIO 2A-2 Atividade: 2.2 Conceituação dos Serviços de Transporte Ferroviário de Passageiros Atividade: 2.3 Alternativas de Organização dos Serviços de Transporte Ferroviário de Passageiros. ANTT, 2016.
  57. Estudos e Pesquisas para Subsidiar o Aprimoramento do Arcabouço Regulatório do Transporte Ferroviário de Passageiros Produto 3: Requisitos para a Delegação da Prestação do Serviço de Transporte Ferroviário de Passageiros RELATÓRIO 3 Atividade: Definição dos Requisitos para a Delegação. ANTT, 2016.
  58. Estudos e Pesquisas para Subsidiar o Aprimoramento do Arcabouço Regulatório do Transporte Ferroviário de Passageiros Produto 4: Indicadores de demanda e atributos de oferta dos serviços de transporte ferroviário de passageiros RELATÓRIO 4A Atividades: 4.1 Seleção dos indicadores de demanda 4.2 Seleção dos atributos de oferta. ANTT, 2016.
  59. Estudos e Pesquisas para Subsidiar o Aprimoramento do Arcabouço Regulatório do Transporte Ferroviário de Passageiros Produto 4: Indicadores de demanda e atributos de oferta dos serviços de transporte ferroviário de passageiros RELATÓRIO 4B Atividades: 4.3 Sistematização do encaminhamento de informações à ANTT 4.4 Estudo de caso. ANTT, 2016.
  60. Estudos e Pesquisas para Subsidiar o Aprimoramento do Arcabouço Regulatório do Transporte Ferroviário de Passageiros Produto 5: Modelo para o cálculo do valor do seguro de responsabilidade civil RELATÓRIO 5. ANTT, 2016.
  61. Estudos e Pesquisas para Subsidiar o Aprimoramento do Arcabouço Regulatório do Transporte Ferroviário de Passageiros Produto 6: Metodologia para definição do valor da tarifa do transporte ferroviário de passageiros RELATÓRIO 6. ANTT, 2016.
  62. Estudos e Pesquisas para Subsidiar o Aprimoramento do Arcabouço Regulatório do Transporte Ferroviário de Passageiros Produto 7: Avaliação e adequação da legislação vigente 7.1 Avaliação da legislação RELATÓRIO 7A. ANTT, 2016.
  63. Estudos e Pesquisas para Subsidiar o Aprimoramento do Arcabouço Regulatório do Transporte Ferroviário de Passageiros Produto 7: Avaliação e Adequação da Legislação Vigente RELATÓRIO 7 B Atividade: 7.2 Proposta de Adequação da Legislação Vigente – Parte 1. ANTT, 2016.
  64. Estudos e Pesquisas para Subsidiar o Aprimoramento do Arcabouço Regulatório do Transporte Ferroviário de Passageiros Produto 7: Avaliação e Adequação da Legislação Vigente RELATÓRIO 7 C Atividade: 7.2 Proposta de Adequação da Legislação Vigente – Parte 2. ANTT, 2016.
  65. Estudos e Pesquisas para Subsidiar o Aprimoramento do Arcabouço Regulatório do Transporte Ferroviário de Passageiros Produto 7: Avaliação e Adequação da Legislação Vigente RELATÓRIO 7 D Atividade: 7.2 Proposta de Adequação da Legislação Vigente – Parte 3. ANTT, 2016.
  66. Estudos e Pesquisas para Subsidiar o Aprimoramento do Arcabouço Regulatório do Transporte Ferroviário de Passageiros Produto 7: Avaliação e Adequação da Legislação Vigente RELATÓRIO 7 E Atividade: 7.2 Proposta de Adequação da Legislação Vigente – Parte 4. ANTT, 2016.
  67. Estudos e Pesquisas para Subsidiar o Aprimoramento do Arcabouço Regulatório do Transporte Ferroviário de Passageiros Produto 7: Avaliação e Adequação da Legislação Vigente RELATÓRIO 7 F Atividade: 7.2 Proposta de Adequação da Legislação Vigente – Parte 5. ANTT, 2016.
  68. Estudos e Pesquisas para Subsidiar o Aprimoramento do Arcabouço Regulatório do Transporte Ferroviário de Passageiros Produto 8: Fiscalização na prestação do serviço de transporte ferroviário de passageiros RELATÓRIO 8. ANTT, 2016.
  69. Estudos e Pesquisas para Subsidiar o Aprimoramento do Arcabouço Regulatório do Transporte Ferroviário de Passageiros Atividade: capacitação MÓDULO 1 – JUSTIFICATIVA, OBJETIVO E METODOLOGIA DO ESTUDO. ANTT, 2017.
  70. Estudos e Pesquisas para Subsidiar o Aprimoramento do Arcabouço Regulatório do Transporte Ferroviário de Passageiros. Atividade: capacitação MÓDULO 2 – LEGISLAÇÃO BRASILEIRA X INTERNACIONAL DIMENSÕES JURÍDICO-LEGAL E INSTITUCIONAL. ANTT, 2017.
  71. Estudos e Pesquisas para Subsidiar o Aprimoramento do Arcabouço Regulatório do Transporte Ferroviário de Passageiros. LEGISLAÇÃO INTERNACIONAL. ANTT, 2017.
  72. Estudos e Pesquisas para Subsidiar o Aprimoramento do Arcabouço Regulatório do Transporte Ferroviário de Passageiros. Atividade: Estudo de caso – Alemanha Gustavo Gardini – Diretor Deutsche Bahn International Brasil. ANTT, 2017.
  73. Estudos e Pesquisas para Subsidiar o Aprimoramento do Arcabouço Regulatório do Transporte Ferroviário de Passageiros. Resultado dos Estudos. ANTT, 2017.
  74. Estudos e Pesquisas para Subsidiar o Aprimoramento do Arcabouço Regulatório do Transporte Ferroviário de Passageiros. Conclusões e Encaminhamentos. ANTT, 2017.
  75. Especificação e Implantação do Sistema de Acompanhamento e Fiscalização de Transporte Ferroviário (SAFF). Glossário. ANTT, sem data.
  76. Especificação e  Implantação do Sistema de Acompanhamento e Fiscalização de Transporte Ferroviário (SAFF). Produto 1 – Relatório de Especificação Funcional. ANTT, 2006.
  77. Especificação e Implantação do Sistema de Acompanhamento e Fiscalização de Transporte Ferroviário (SAFF). Relatório Produto 5 – Pesquisa Piloto e Recomendações. ANTT, 2006.
  78. Especificação e Implantação do Sistema de Acompanhamento e Fiscalização de Transporte Ferroviário (SAFF). Relatório Executivo – Fase B: Indicadores de Desempenho de Terminais Intermodais. ANTT, 2006.
  79. Estudo de Demanda – Rodovia BR-163 MT/PA – Sinop (MT) a Itaituba (PA) . ANTT, 2016.
  80. Estudo de demanda e projeto conceitual para um terminal ferroviário na malha da ferrovia Norte-Sul, em Goiás Relatório Técnico 3 – Final. TJW, 2014.
  81. Levantamento bibliográfico, avaliação da atual situação legislativa e regulatória e diagnóstico de rotas prioritárias para o Transporte Turístico de Passageiros inclusive com potencial de exploração pelo setor privado – Produto 1. MTUR, 2021. 
  82. Levantamento bibliográfico, avaliação da atual situação legislativa e regulatória e diagnóstico de rotas prioritárias para o Transporte Turístico de Passageiros inclusive com potencial de exploração pelo setor privado. – LABTRANS/MTUR – Estudos e Pesquisas Relacionados ao Planejamento do Transporte Turístico no Brasil – Apresentação Produto 1. MTUR, 2021.
  83. Levantamento, Caracterização e Análise das Infraestruturas Existentes para o Transporte Turístico em 24 Rotas Estratégicas – Produto 3. MTUR, 2021.
  84. Levantamento de Informações in loco das Rotas Prioritárias, Diagnóstico das Infraestruturas Aeroportuária e Ferroviária, Proposta de Investimentos em Infraestrutura Viária e Desenvolvimento de Piloto para Base Georreferenciada com os Elementos de Infraestrutura das Rotas – Produto 2. MTUR, 2021.
  85. Manual de Cálculo de Custos Ferroviários – SICOF 2. ANTT, 2015.
  86. Manual do Sistema – SISLOG 4. ANTT, 2014.
  87. Museu Ferroviário Nacional (Apresentação PPT). Sem data – SPNT.
  88. Realização de Estudos de Viabilidade da Ferrovia Senador Vicente Vuolo – Trechos Rondonópolis – Cuiabá e Cuiabá – Santarém. Relatório Ambiental Sintético. ANTT, 2016
  89. Realização de Estudos de Viabilidade da Ferrovia Senador Vicente Vuolo – Trechos Rondonópolis – Cuiabá e Cuiabá – Santarém. Relatório Final – Sumário Executivo: Realização de Estudos de Viabilidade da Ferrovia Senador Vicente Vuolo – Trechos Rondonópolis – Cuiabá e Cuiabá – Santarém. ANTT, 2015.
  90. Registro de Informações de Fiscalização Ferroviária (RIF) – Via Permanente (Dormente, Lastro e Trilho); Acidente; Classificação da Via. ANTT, 2006.
  91. Registro de Informações de Fiscalização Ferroviária (RIF) – Via Permanente (Junta de dilatação, tala de junção, Fixação, Passagem em nível, Sinalização); Ativos Ferroviários; Transporte de Passageiro. ANTT, 2006.
  92. Registro de Informações de Fiscalização Ferroviária (RIF) – Via Permanente (Obras de terraplanagem, Estruturas de drenagem, Obra de arte, obras de contenção, Passagens superiores e inferiores, faixa de domínio, AMV); Operacional; Programação de Fiscaliza. ANTT, 2006.
  93. Relatório Final – Apoio a Apuração de Acidentes Graves no Trânsito, Produto 12. ANTT, 2010.
  94. Relatório Final – Objeto: Apoio Técnico à Implantação do Centro de Supervisão Ferroviária – CSF e Novas Aplicações no Sistema de Informação. ANTT, 2016.
  95. Relatório Final – Objeto: Estudos e Implantação de Projeto Piloto do Centro de Supervisão das Concessões Ferroviárias e Expansão do Sistema de Informação SAFF. ANTT, 2014.
  96. Relatório Final – Objeto 1: Apoio no desenvolvimento e implantação de novas funcionalidades no SICOF – Sistema de Custos Operacionais Ferroviários. ANTT, 2014.
  97. Relatório Final – Objeto 1 – Estudo de Demanda. VALEC, 2014
  98. Relatório Final – Objetos: 2 – Qualificação dos Terminais / 3 – Projeto Conceitual / 4 – Monitoramento / 6 – Sistema de gestão da capacidade de transporte ferroviário. VALEC, 2015
  99. Relatório Final – Objeto 2: Inserção de Novas Funcionalidades para a Ferramenta SisLog – Sistema Logístico de Transportes – SisLog 4. ANTT, 2014.
  100. Relatório Final – Objeto 3: Desenvolvimento e Implantação de Novas Funcionalidades no SisLog para o Transporte Terrestre de Passageiros. ANTT, 2014.
  101. Relatório Final – Objeto 6 – Sistema de gestão da capacidade de transporte ferroviário. VALEC, 2015
  102. Relatório Final – Objeto 1: Apoio à ANTT nos estudos das regras de reversibilidade de bens vinculados às concessões ferroviárias de cargas. ANTT, 2015
  103. Relatório Final – Objeto 2: Apoio à ANTT nos estudos das taxas de depreciação a serem aplicadas aos bens reversíveis das concessões ferroviárias de cargas. ANTT, 2014
  104. Relatório Final – Objeto 3: Apoio à ANTT para o desenvolvimento de metodologia para cálculo de tarifas de direito de passagem e estudo de caso. Relatório – Estudo de Caso BEMISA. ANTT, 2014
  105. Relatório Final – Objeto 4: Desenvolvimento de estudo de demandas dos trechos ferroviários do PIL. ANTT, 2015.
  106. Relatório Final – Objeto 1: Desenvolvimento de metodologia para fiscalização de bens arrendados / Objeto 2: Elaboração e implementação de sistema de indicadores para monitoramento e avaliação da qualidade do transporte ferroviário de cargas prestado pelas concessionárias verticais / Objeto 3: Definição de regras para cessão da capacidade de tráfego das concessionárias verticais e horizontais. ANTT, 2017.
  107. Relatório sobre a avaliação das condições do trecho ferroviário recuperado depois de descarrilamento, Produto complementar. ANTT, 2009.
  108. Revitalização do Patrimônio Histórico Ferroviário Museu Ferroviário Nacional – Relatório Final. SPNT/MT, 2012.
  109. Simulador de Custos e Tarifas para Fluxos Ferroviários de Carga: Manual do Usuário – Objeto 6 – Sistema de gestão da capacidade de transporte ferroviário. VALEC, 2015.
  110. Simulador RTC – Manual de Treinamento. ANTT, 2015.
  111. Sistema de Auxílio no Controle da Circulação de Trens na Ferrovia Norte-Sul – Apostila de Treinamento – Versão de Demonstração Referente à disponibilização da Solução Tecnológica Existente. VALEC, 2016.
  112. Sistema de Custos Operacionais Ferroviários (SCF). Relatório Final – Objeto 2: Manual do Sistema. ANTT, sem data.
  113. Sumário Executivo SISPASS. ANTT, 2014.
  114. Treinamento SISLOG 4: Logística Básica I – Case 01. ANTT, 2014.
  115. Treinamento SISLOG 4: Logística Básica II – Case 02. ANTT, 2014.
  116. Treinamento SISLOG 4: Logística Avançada – 4 Etapas – Case 03. ANTT, 2014.
  117. Treinamento SISLOG 4: Apostila de Apoio – Módulo GIS. ANTT, 2014.
  118. Treinamento SISLOG 4: Administrador. ANTT, 2014.